terça-feira, 30 de junho de 2009

Para cantarolar neste Verão

Vem aí novo álbum dos Flaming Lips

Embryonic, o novo álbum dos Flaming Lips, com data prevista de lançamento para Setembro deste ano, será um duplo álbum e terá como colaboradores os MGMT e Karen O dos Yeah Yeah Yeahs.
Este poderá ser o álbum que os irá catapultar para uma novo patamar, ou então que os vai fazer cair em desgraça, como já vi escrito numa página na internet. Para já fica-se a saber que terá boas colaborações.
Tenho pena que estes senhores não estejam cá neste Verão no festival de Paredes de Coura.

Para já foi adiantada esta bela capa para o novo álbum, ainda não confirmada:


Para quem tiver curiosidade existe uma entrevista na qual Wayne Coyne demonstra a sua excitação pelo novo álbum.

segunda-feira, 29 de junho de 2009

domingo, 28 de junho de 2009

Barulho da Semana #43


Lindstrøm & Prins Thomas - II [2009]

Género: Space Disco/Electronic/Downtempo
Origem: Noruega
Parecido com: The Juan Maclean, Joakim, Metro Area
Faixas em destaque: Cisco, For Ett Slikk Og Ingenting, Gudene Vet + Snutt

myspace

crítica ao álbum

Since We've Been Wrong




Single de apresentação nos Estados Unidos do Octahedron, dos The Mars Volta.

sábado, 27 de junho de 2009

Como transformar uma música ranhosa numa verdadeira pérola musical:



A original, para quem não se lembrar.

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Para sempre, o Rei da Pop



Michael Jackson
(29/08/1958 - 25/06/2009)

Veckatimest

O ano passado ocorreu um fenómeno estranho no mundo da folk, com a estreia dos norte americanos Fleet Foxes. A histeria em volta nestes senhores foi tal, que os catapultaram, logo ao primeiro álbum, para os píncaros do folk, como sendo a melhor coisa que já tinha aparecido. Pois bem, eu reconheço o valor deles, mas nem sequer considero, que o álbum de estreia deles, mereça um lugar no top ten do ano passado. É boa folk, sim, mas não passa disso. Falta aquela "qualquer coisa" para tornar aquilo genial, coisa que os senhores críticos fizeram questão de descortinar não sei bem onde.
E tudo isto porquê? Porque foi totalmente injusto o que se passou, e, este ano, saiu um álbum chamado Veckatimest, esse sim, digno de tal reconhecimento.


A história dos Grizzly Bear não é de agora. Tudo começou em 2004 com o esforço de Ed Droste, frontman da banda, o qual lançou um primeiro álbum: Horn of Plenty.
Em 2006 foi a confirmação do talento desta banda, com o lançamento de Yellow House, álbum do grande single "Knife", tendo garantido lugar em algumas listas desse ano.
Pois que em 2009, não satisfeitos, resolveram lançaram um trabalho ainda melhor. Produzido por Chris Taylor, baixista da banda, este álbum segue uma linha parecida com a dos seus antecessores, acrescentado um tom mais épico, denotando-se evolução no seu som com o acarinhar de outras tendências sonoras.
Veckatimest é o terceiro longa duração dos Grizzly Bear, ao qual o nome do álbum se deve a uma pequena ilha existente em Dukes County, Massachusetts.
Este álbum tem sido aclamado pela crítica musical e tem tido bastantes personalidades musicais a demonstrar o seu carinho pela banda, como é o caso dos Radiohead e mesmo dos Fleet Foxes.

O disco começa bem ritmado em "Southern Point", com algumas batidas em jeito de samba a abrir a festa. Segue-se "Two Weeks", primeiro single deste álbum, na qual tentam ressuscitar, e bem conseguido, aqueles coros famosos dos Beach Boys, vindo depois "All we Ask", a canção mais apaixonada do álbum, onde se desenvolve a magia destes senhores, e se apresenta o seguinte verso final: "I can't get out of what I'm into with you". "Fine for Now" dá um tom épico ao álbum, com um uso de sonoridades post-rock. "Ready Able" tem uma melodia fantástica, no qual somos quase que obrigados a acompanhar o Ed Droste com "They go we go, I want you to know, what I did I did". Em "While you Wait For the Others" somos novamente confrontados com coros perfeitos, para depois em "I Live with You" acontecer a explosão sónica destes senhores.
Será certamente um dos melhores álbuns do ano.

quarta-feira, 24 de junho de 2009

Sheena


Well the kids are all hopped up and ready to go
They're ready to go now
They got their surfboards
And they're going to the Discotheque Au Go Go
But she just couldn't stay
She had to break away
Well New York City really has is all
Oh yeah, oh yeah
Sheena Is A Punk Rocker


Ramones - Sheena Is A Punk Rocker

terça-feira, 23 de junho de 2009

Velhinhos folqueiros avaliam Animal Collective


Para mais avaliações: Scrapple.tv

Ye Auld Triangle

Cat Power lançou no final de 2008 um Ep intitulado "Dark End of The Street", todo ele feito de versões de músicos conhecidos. Cat Power é magistral no que toca a fazer versões, dando-lhes uma nova vida. É disso exemplo "Ye Auld Triangle", música celebrizada pelos The Pogues, que é parte integrante desse Ep. A apreciar:


domingo, 21 de junho de 2009

Barulho da Semana #42


Here We Go Magic - Here We Go Magic [2009]

Género: Folk/Experimental/Psychedelic
Origem: E.U.A.
Parecido com: Panda Bear, High Places, Grizzly Bear
Faixas em destaque: Only Pieces, Fangela, Tunnelvision

myspace

crítica ao álbum

CocoRosie @ Centro Cultural Vila Flor, 20/06/2009

CocoRosie não foram para mim uma paixão imediata. Elas, assim como grande parte dos meus artistas favoritos, exigiram alguma atenção. Não eram propriamente vulgares.
A história destas meninas é bastante interessante, sendo de certeza uma das mais peculiares na história da música. Reza a história de que foram separadas à nascença após a separação dos pais, Bianca-Leilani Cassady e Sierra-Rose, reencontraram-se em Paris, em 2003, altura em que decidiram formar as CocoRosie.
Juntando a delicadeza e escola clássica de Sierra, que chegou a ter uma curta carreira bem sucedida na ópera como soprano, com a irreverência e ousadia de Bianca, faz desta mistura uma óptima receita para música pouco convencional.
O seu estilo é difícil de definir, tendo elementos de folk, com o uso da harpa, assim como de blues, dream pop, hip-hop e também o lo-fi dos inúmeros brinquedos, como caixinhas de música e órgãos com sons pré-gravados de animais e afins, usados por elas.


Com os 800 lugares totalmente preenchidos desta casa de Guimarães (já há muito tempo que não via assim um público), a expectativa era grande à volta deste concerto.
Tendo já passado por Portugal no ano passado, esta deve ser das poucas bandas que vem em anos consecutivos a um país e consegue apresentar um espectáculo completamente diferente. O ano passado resolveram trazer um beatboxer para animar as hostes, este ano, por sua vez, trouxeram uma pianista e um baterista, como formato banda.
O concerto foi bastante variado, tendo buscado músicas de todos os álbuns.
"Happy Eyez", foi o primeiro momento alto da noite, música retirada do novo Ep das manas, que funciona muito bem ao vivo, com uma percussão à altura. "Terrible Angels" foi a que se seguiu, uma das músicas mais conhecidas delas.
CocoRosie é sinónimo de vida e alegria, estão em palco para dar espectáculo e entreter as pessoas. Não sendo um concerto pré-definido, elas têm sempre â mão durante o concerto, qualquer coisa para animar o público. Baterias pouco convencionais, brinquedos variados manipulados por Bianca e a contrapor uma harpa no centro do palco e um piano de cauda.
Quase todas as músicas tinham uma roupagem bem diferente da do álbum, com bastante improviso, fazendo uma óptima tarefa de transpor o álbum para o palco dando-lhe uma nova e agradável forma. É disso exemplo "Beautiful Boyz" numa versão ao vivo quase irreconhecível.
Somos todos transportados para ambientes oníricos aquando de um pequeno momento de ópera, por parte de Sierra, mostrando todo o seu potencial vocal, seguindo-se um pequeno desvario trance, protagonizado pela mesma, como que se estivéssemos numa aula de ginástica.
Cada aplauso suava a aplauso final, estando o público sempre bastante efusivo a cada actuação das meninas, que simpaticamente iam retribuindo com "Obrigada".
Houve também espaço para Nomi, cantora dos Hercules & Love Affair, se juntar à festa das CocoRosie, e mais uma amiga loira. A terminar o alinhamento, e com a ajuda das artistas convidadas a música "Japan", onde toda agente se levantou das cadeiras e numa selva onde reinavam araras e macacos, entre outros, entoaram em coro "Everybody wants to go to Japan".
Com aplausos incessantes por parte do público, as meninas voltaram ao palco por 3 vezes. Uma delas teve uma engraçada projecção de vídeo, projecção essa que foi bem agradável ao longo do concerto com algumas imagens psicadélicas, que mostrava uma senhora e a sua pose sensual, ao mesmo tempo que Bianca apanha as partes interessantes e fazia um remix daquilo, estando Sierra a mostrar os seus dotes vocais.
Para o final, e ao final de quase duas horas de concerto, "By your Side".
Foi um muito bom público e umas manas Sierra e Bianca iguais a si mesmas. Espectáculo com elas é garantido.
O melhor concerto que assisti este ano e, possivelmente, um dos melhores de sempre.

sábado, 20 de junho de 2009

Isto é Rock.


"Hang You From The Heavens" é o primeiro avanço para o álbum a ser lançado no próximo mês pelos The Dead Weather. Esta super banda inclui o senhor Jack White, dos White Stripes e a menina Alisson Mosshart, dos The Kills.

quarta-feira, 17 de junho de 2009

Realpeople Holland

"The Concubine" é o novo vídeo de Beirut, música retirada do 2º disco - Realpeople Holland - do duplo EP recentemente lançado. Este mostra uma faceta anterior de Zach Condon, mais virada para a experimentação, com electrónica à mistura, e menos apoiada nas letras.


terça-feira, 16 de junho de 2009

Ainda tive o prazer de ter estado neste sítio...

...Em Julho de 2006



...Hoje.
A maior loja de discos de Nova Iorque - Virgin Megastore em Times Square - fechou hoje as portas.
Se a politica de preços tivesse sido outra, talvez isto não tivesse acontecido. É razão para reflectir sobre se o preço a que está a cultura neste momento é o apropriado, ainda para mais quando enfrentamos uma profunda crise económica.

E reapareceu ontem Twin Peaks no canal FX...


... à hora do jantar, com reposição à hora do almoço do dia seguinte. Não sei se os senhores responsáveis pela programação da TV Cabo acham que David Lynch combina com comida... eu cá acho que não.
Ainda não é desta que vou ver esta senhora série.

segunda-feira, 15 de junho de 2009

O Cartão


Estando o meu BI em vias de caducar, decidi dirigir-me à Conservatória do Registo Civil da minha zona, para proceder à aquisição do tão afamado cartão de cidadão.
Pois bem, para tirar o respectivo cartão despendi cerca de 3/4 horas, facto que já me revoltou bastante.
Eis que hoje vou levantar o meu cartãozinho, pelas duas da tarde, e sou confrontado com um aviso a indicar de que já não poderiam atender mais gente. Aqui parou tudo. Então agora uma pessoa tira uma tarde para o cartão e já não chega? É preciso 1 dia??
Como achei esta situação incomportável, falei com o responsável, que me referiu a situação impossível que se verifica de momento com a historia dos cartões de cidadão e de que não poderiam fazer mais nada pois o pessoal existente era o mesmo antes de ser lançado este cartão.
Mas que raio de governo é este, que vive de estatísticas e não olha a meios para as atingir? E que tal promoverem a contratação de mais pessoal, a aquisição de mais máquinas, para tornar esta situação menos animalesca? No final lá se vão congratular com o milhão de portugueses com cartão, quando não passou de uma pouca vergonha, todo este processo. Enfim, só espero é que as pessoas acordem, porque assim não vamos lá.

Só de saber que esta reunião é possível...

domingo, 14 de junho de 2009

Avisem-me se encontrarem videoclipes mais originais, que os feitos por este senhor: Danny Perez.

2º single do Merriweather Post Pavillion.

Barulho da Semana #41


If These Trees Could Talk - Above the Earth, Below the Sky [2009]

Género: Post-Rock
Origem: E.U.A.
Parecido com: God is An Astronaut, Caspian
Faixas em destaque: From Roots to Needles, What's in the Ground Belongs to You, The Sun is in the North

myspace

crítica ao álbum

quinta-feira, 11 de junho de 2009

Cotopaxi

1º Single retirado do Octahedron, 5º álbum de originais dos The Mars Volta. Gosto bastante do vídeo. Em relação à musica, já ouvi bem melhores.

Eles são os Smix Smox Smux



Este teledisco foi gravado aquando da passagem destes bracarenses por Lisboa, no final do ano passado, que culminou num concerto no Music Box. É o single de avanço do 1º álbum, "Eles São os Smix Smox Smux", com data prevista para lançamento a 19 de Junho no Santiago Alquimista.

terça-feira, 9 de junho de 2009

domingo, 7 de junho de 2009

B Fachada @ Convívio, 06/06/2009

Já há algum tempo que ando a seguir o trabalho de B Fachada com atenção, e este concerto em Guimarães era, pois, já há muito esperado. Este artista despertou-me um rápido interesse, através das suas belas letras mas também pelo facto de tocar viola braguesa.


A sala do Convívio estava lotada, quando B Fachada a pisou. Com uma indumentária colorida, em tons de rosa, e copo de whisky na mão, entrava timidamente o músico. A primeira da noite, e sem ter certezas acerca do alinhamento, coube a "Monogamia", música nova, pois não está inserida em nenhum dos seus trabalhos, apenas disponível para audição no seu myspace. Já com mais à vontade, começou a tocar músicas do novo álbum, "Soraia", que, mesmo sem a voz da Márcia, resulta muito bem ao vivo.
Deixando a viola clássica de lado, pegou na "ritinha", viola braguesa de estimação do músico, e tocou músicas do seu ultimo Ep, "Tradição", "Anda Que Está Dura" e "Balada à Mariana". Impondo o seu ritmo, com o bater do pé e o seu jeito característico para entoar as canções foi deixando o publico entusiasmado, música após musica.
Pelo meio, a parte má do concerto, onde houve lugar a duas versões. A primeira, Pontos Negros, que teve tanto de hilário como de ridículo. A outra, de um tal de Tiago Morgado, bem mais fraca que a primeira, que com aquela composição é visível de que não irá chegar a lado nenhum. É bem possível que essa musica seja usada em futuras campanhas de "Os Verdes".
Depois vem "Beijinhos", o hit de verão de 2009. "Primavera" também não faltou, sendo provavelmente a música mais bem conseguida por B Fachada. Já em jeito de despedida tocou "Mimi" e a "Conceição", esta última que gostava de ouvir em dueto com a Márcia, uma das melhores músicas do novo álbum. Para o fim deixou "Zé", sátira aos autarcas que vagueiam por este país fora.
B Fachada gosta de tradição popular, e assim, rumou juntamente com o realizador Tiago Pereira até Trás Os Montes, para poder viver essa mesma tradição. Daí resultou um filme, e , à parte das imensas experiências que teve, nasceu uma música - "D. Filomena" - que uma senhora lhe teve a gentileza de ensinar. Esta mesma foi tocada no encore, que o próprio decidiu tocar sem amplificação, em sinal de respeito para com a senhora.

Faltaram "O Ciume e a Vergonha", "Cada Um" e o "Zappa portugues", canções que pedem parcerias, e também mais instrumentos, que não apenas as violas. Mas desenganem-se alguns, que pensam que ele é um trengo qualquer, que anda para lá a tocar guitarra e cantar umas coisas, este homem gravou todos os instrumentos do novo álbum, entre eles a bateria, baixo, violas, piano, teclados, entre outros.
É um multi-instrumentista português com muito talento, e de quem vale a pena apostar. Lá na selva, há B Fachada!

Barulho da Semana #40


The Field - Yesterday and Today [2009]

Género: Electronic/Techno/Minimal
Origem: Suécia
Parecido com: Pantha du Prince, Gui Boratto, Nathan Fake
Faixas em destaque: Everybody's Got To Learn Sometime, Yesterday and Today

myspace

crítica ao álbum

sexta-feira, 5 de junho de 2009

Produção é com estes!

Depois de We are the People, este é já o 3º single retirado do álbum homónimo, lançado este ano. Estou curioso para ver isto ao vivo.
Acerca da tour deste ano:
Front-man and vocalist Emperor Steele says “The show is going to be epic, full of colours, dinosaur-teeth chomping at the valleys of future. It will be more outrageous than the scents of imagination and will take the audience on a journey to another world.”

quinta-feira, 4 de junho de 2009

Para os indecisos... Europeias 2009

Foi criado um site - EU Profiler - contendo um inquérito de 31 questões, na qual veremos, com base nas respostas dadas, a nossa posição em relação à União Europeia e qual o partido que melhor se enquadra com as nossas ideias. Há um inquérito para cada país, com perguntas específicas. A mim parece-me relativamente fiável, gostei do resultado.
O site é um bocado lento, pelo que é preciso ter alguma paciência para obter o resultado final.

quarta-feira, 3 de junho de 2009

Coisas de Engenheiros

terça-feira, 2 de junho de 2009

Estes já são um caso sério.

De seguida apresenta-se uma sessão dos Grizzly Bear, feita para a revista Spinner, na qual os ouvintes podem ter uma ideia de como vai ser a tour destes grandes senhores, que de certeza vão apaixonar muita gente por esse mundo fora. Uma data deles em Portugal era de louvar.
Já não me lembrava de ouvir umas harmonias vocais tão perfeitas desde os Beach Boys.











 
Barulho Esquisito © 2008. Powered by Blogger.