sábado, 10 de julho de 2010

Os Golpes: será desta?

Os Golpes, pertencentes à editora Amor Fúria, são um grupo pop-rock português, nascido a 2008, que teve como intuito recuperar a alma perdida dos Heróis do Mar. Os Heróis do Mar foram, se não o mais importante, um dos mais importantes grupos  pop-rock da década de 80, em Portugal. Na altura foram bastante criticados por ter alusões directas à pátria, como o próprio nome da banda que foi retirado do hino nacional português - A Portuguesa - tendo sido visto como um acto de apoio ao governo ditatorial extinto. Mesmo não sendo de extrema-direita como os anunciavam, o ser patriótico não era visto com bons olhos, visto que ainda tinham o fantasma da ditadura bem presente. 
Hoje em dia já não temos esse problema, e o facto de Os Golpes utilizarem como símbolo a Cruz da Ordem de Cristo, usada nas caravelas portuguesas no tempo dos Descobrimentos, só abona em favor da banda. O primeiro álbum dos Golpes (2009) - "Cruz Vermelha Sobre Fundo Branco" - embora dotado de um instrumental inebriante, e que está bem acima da média do que se pratica em Portugal, as letras não conseguem acompanhar essa qualidade. Não deve ser por acaso que o álbum contém duas músicas somente instrumentais. Tirando uma ou outra canção, como o single "A Marcha dos Golpes", as restantes têm letras medíocres e que deitam abaixo o que poderia ser um grande álbum. Agora em 2010 eles têm a hipótese de se redimir e apresentar um Ep completo, como se espera que eles venham a fazer. Esse Ep vai ser oferecido em concertos no Porto e em Lisboa, e a nova faixa "Vá Lá Senhora", que conta com a participação de Rui Pregal da Cunha (vocalista dos Heróis do Mar), já pode ser ouvida aqui. As expectativas estão elevadas.

Fotografia: Vanda Noronha

12 comentários:

arrssousa. disse...

Eu não queria ser chata, mas não sei porque é que não suporto a música desses catraios.

O tal de Sequeade disse...

Eu conheço a "marcha dos golpes" de qualquer lado... Antena 3?

Renato_Seara disse...

"Hoje em dia já não temos esse problema, e o facto de Os Golpes utilizarem como símbolo a Cruz da Ordem de Cristo, usada nas caravelas portuguesas no tempo dos Descobrimentos, só abona em favor da banda."

Confesso que estes não me aquecem nem me arrefecem, um bocado como os pontos negros, mas lol porque é que achas que usar o símbolo da ordem de cristo abona a favor deles? É que os cruzados também usavam isso quando limpavam aldeias inteiras a oriente:).

Anfilófio disse...

@Fred: claro, a antena 3 tem um bom programa de musica portuguesa que é o "portugália".

@Renato: em primeiro lugar estás a confundir épocas distintas; em segundo as cruzes são diferentes; por fim, a dos golpes difere das outras duas, e penso que será uma menção, com alguma inocência à mistura, penso, aos descobrimentos . Até porque não se ligam a nenhuma religião, segundo já li. Mas nada melhor do que perguntares a eles.

Renato_Seara disse...

Por altura dos descobrimentos e mesmo um ou dois séculos depois os judeus foram perseguidos no nosso país, precisamente pelas organizações que continuavam a ter como símbolo a cruz da ordem de cristo. Aliás o simbolo dos Golpes é a cruz dos cruzados mas rodada a 90º. Porque reapara que a Cruz das caravelas é simétrica. A dos Golpes não! Se fores ver o simbolo dos cruzados é precisamente o simbolo dos Golpes rodado 90º.

Mas, lol sinceramente não faço questão de tentar procurar saber o porquê da escolha do símbolo, simplesmente queria perceber a analogia que fizeste. Até porque se os navegadores portugueses descobriram novas rotas e inovaram nas técnicas de navegação, já estes Golpes não me parece que tenham inovado em coisa alguma lol. Mas, é só a minha opinião. Abraço

Anfilófio disse...

É verdade que a cruz até se aproxima mais a essa, mas não encontro sentido para que seja uma referência aos cruzados.
Eu deduzi a ligação aos descobrimentos devido à influência dos Heróis do Mar. Salvo erro os trajes que eles usam também fazem referência à época, mas não tenho a certeza disso.

Lance disse...

São só uns marivalvas monarco-nacionalistas :p

Lance disse...

Já me esquecia. É como diz o renato... a sua música não acrescenta um pintelho nem à freguesia deles.

Rita Lina disse...

Eles são todos diferentes entre eles. Nem são monárquicos, nem nacionalistas, não têm todos a mesma religião e estão-se a cagar para os extremismos. São brutais ao vivo e entregam-se em palco como poucos. Desejo-lhes toda a sorte do mundo porque merecem pela sua entrega e empenho em tentar mudar alguma coisa na música portuguesa. Fazem o que gostam e eu admiro-os por serem tão bons nisso.

Jorge disse...

@ Anfilófio
Para quando a resposta?

@ Rita Lina
:)Concordo!

Anfilófio disse...

Diz que o disco foi oferecido ontem no Hard Club, mas como não tive oportunidade de ir, não o tenho. Só se alguma alma caridosa me o fizer chegar aqui é que irá aparecer a resposta.

Jorge disse...

@ Anfilófio

É verdade. Um mimo!
Já cá cantam as duas versões.

 
Barulho Esquisito © 2008. Powered by Blogger.